Destaques

Congelamento da tabela do Imposto de Renda | 21/03/2022

FALSA PROMESSA SOBRE CORREÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

FALSA PROMESSA SOBRE CORREÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

Você, trabalhador (a), lembra qual foi a última correção da tabela sobre o Imposto de Renda? Pois bem, a última atualização ocorreu em 2015. Na ocasião, o limite de isenção foi corrigido em 6,5%, para R$ 1.903,98.

O mais novo, e impressionante dado divulgado pelo Sindicato Nacional dos Auditores da Receita Federal, divulgou que a média da defasagem acumulada da tabela chega a 134,52%, considerando o período da inflação de 1996 até 2021.

Conforme o Sindicato, o valor de isenção deveria ser de R$ 4.465,21 se a tabela fosse corrigida de acordo com a inflação oficial, em vez dos atuais R$ 1.903,98.

Ou seja, a obrigação de declarar renda passaria do valor anual de R$ 28.559,70 para cerca de R$ 65.000,00. Estima-se, assim, que a correção da tabela livraria cerca de 12 milhões de pessoas de declarar o imposto!

Vale destacar que a correção da tabela do IRPF, foi uma das promessas do presidente. Durante campanha eleitoral, Bolsonaro prometeu isentar do IRPF quem ganhasse até R$ 5 mil por mês.

Todavia, no ano de 2021 o projeto de lei enviado ao congresso previa que a faixa de isenção seria corrigida em 31%, passando de R$ 1.903,98 para R$ 2.500,00, metade do prometido.
Fonte: Claudio Leite Pimentel / Jornal do Comércio


[ Voltar ]

Carazinho - RS
Av. São Bento, 501 - Bairro: Glória
CEP: 99500-000 - Carazinho - RS
Tel.: (54) 3331-1088

2016 Copyright(c) - Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos e Mat. Elétricos de Carazinho
Todos os direitos reservados - Desenvolvimento: RuralClassi do Brasil